Agradecemos a Deus por encontrar belezas naturais e pessoas boas em nossas aventuras


Salve bikers. Vou escrever um artigo curto em agradecimento a Deus por permitir que a gente encontrasse beleza nas coisas e nas pessoas.
Tudo aconteceu numa tarde numa terra bem..bem distante. Folheava uma enciclopédia e encontrei um artigo que falava sobre caminhadas na Cordilheira dos Andes. Quando ví aquelas fotos uma voz me disse: é isso que quero fazer na minha vida! Acampar e conhecer a natureza.
Foi assim que comecei a me interessar por trilhas e trekking (nem sonhava nessa palavra). Eu também tinha uma paixão por bicicletas, mas não relacionava os fatos.
Comecei a realizar uns trekkings com a galera na região de Santo André-SP e era super legal conhecer cachoeiras e matas. Foi assim também que conhecí a necessidade de se preservar e cuidar da natureza.
Mas queria ir mais longe, pois percebia que o mundo era maior do que eu pensava. Então fui conhecer o Parque Nacional do Itatiaia, mas me frustei por falta de experiência. Depois quis atravessar a famosa "trilha do ouro" no Parque Nacional da Serra da Bocaina. Foi fantástico. Gostei tanto de lá que voltei mais duas vezes: uma eu acampei na sede do parque e não conseguí atravessar devido a um "pequeno" problema de - 3º abaixo de zero. Na terceira fui de bike até a divisa do Rio de Janeiro (acampamos e voltamos no dia seguinte) - e dessa vez quase morrí de frio novamente...eita lugar gelado hehehehe.
Fiz inúmeras viagens alternando entre cross country no Mountain Bike e no Trekking. Conhecí inúmeros lugares fantásticos, apreciamos a fauna em toda sua plenitude, single tracks, cachoeiras, paisagens....e o mais importante: conhecemos pessoas fantásticas e muito boas. Não sou muito bom em expressar certas coisas, mas afirmo que conhecí pessoas diferentes daquelas que a gente vê nos noticiários da televisão. Foi muito bom conhecê-las...
Pesquisei arduamente em muitas madrugadas na internet sobre aventuras outdoor e cheguei a seguinte conclusão: as pessoas precisam conhecer melhor a Deus, a natureza, aos esportes e as pessoas boas. Nem tudo está perdido...

Comentários